as palavras. (III)

quinta-feira, outubro 30, 2008

um dia disse isto:

acho que os meus momentos de decisão são marcados por coisas que escrevo. pode parecer estúpido mas tem sido assim...

e responderam-me:

nao é nada estúpido! é assim mesmo...

e eu fiquei a pensar:

e se algum dia me faltam (as) palavras? (para quem está tão habituada a sentir com elas)

3 comentários:

bf disse...

Isso é uma impossibilidade.
Enquanto ouvires música, enquanto leres, enquanto vires pessoas, as palavras nunca te vão faltar.
E há palavras que te chegam sob a forma de imagens. E imagens sob a forma de palavras. Jamais faltarão as palavras às pessoas das palavras. E, quando faltarem, será sinal de que naquele momento a palavra certa é "silêncio"

Brida disse...

[eu neste momento estou em silêncio a ler :)]

Anónimo disse...

a imortalidade das palavras. a deserção. e o abandono. do que se sente.

nunca em palavras. sempre uma voz de dentro.

um abraço.

joao
osdiasdasnoites