haja silêncios.

segunda-feira, novembro 17, 2008


haja silêncios como houve hoje luz dourada. aquecia o vento que não se sabia em novembro. fechei os olhos e só havia o calor. da luz. no meu rosto. disseste já não te lembrar de como era belo. o mar. o céu. o sul. e o silêncio [o teu ao ver a praia. e o da praia ao não te sentir ali.]

2 comentários:

aoutrarua@gmail.com disse...

Eu hoje, na esplanada do costume, depois de almoço, senti o Sol a bater-me na cara, deixei que me aquecesse... Fechei os olhos, as vozes dos estrangeiros da mesa ao lado ganharam o torpor que se ouve só numa praia... Foi uma boa ilusão :-)

Josi disse...

Belíssimo :)