f(r)ase.

segunda-feira, fevereiro 16, 2009

largava tudo pelas tuas mãos. e pela macieza das tuas costas.

[2001]

6 comentários:

Guinevere disse...

Em tom de esabafo pós-Dia dos Namorados: e não são as mãos a parte mais bonita do corpo?

Brida disse...

são, Guinevere, sou da mesma opinião. já tinha escrito por isto: [o que mais recordo das pessoas que se cruzam comigo são as mãos. gosto de mãos. do que fazem. mais ainda do que poderiam fazer se cumprissem as promessas que trazem em si.] :)

MS disse...

é bom ver que não sou só eu que organizo as pessoas pelas mãos...

Brida disse...

:) acho que já somos algumas, MS...:)

Anónimo disse...

Li vários posts de uma só visita, como se lê um livro de um só fôlego.
Was soll ich sagen?
Que continuas a ser a estrela da minha turma? Que és um desafio constante, como quando me pedias que te levasse um texto sobre futebol? Eu nunca me atrevi, porque , de futebol, sabia e sei muito pouco (claro que sou azul!). Ousada e tímida, fechada e transparente, brilhante e sombra, that's what you are, someone I'm very proud of. A dear and close friend! Like your texts! Gostei das interjeições em alemão! Não são os sinais mais íntimos das emoções?
O.F.

Brida disse...

eu é que pergunto, depois deste comentário, was soll ich denn sagen? :))) foi, é e será sempre um prazer, ser sua aluna :))